Cadastre-se
Esqueceu a senha?
Entrar
A Quarta Revolução Industrial
10 Agosto 2018 | Categoria: Dicas
WhatsApp Facebook Twitter LinkedIn Send
A - A +
Enviar por E-mailX

Você pode enviar este conteúdo para até três amigo(a)s ao mesmo tempo.

+ 1 Amigo(a)

+ 1 Amigo(a)

Enviar Conteúdo
Artigo ASPR / Gestão e Contabilidade para empresas.
Data:
Cidade:
Segundo o famoso autor tcheco naturalizado francês, Milan Kundera, 89 anos, há uma relação secreta entre lentidão e memória, entre velocidade e esquecimento.

Se um homem está andando pela rua e em determinado momento tenta se lembrar de algo, mas a lembrança lhe escapa, automaticamente ele diminui o passo. Enquanto, quando se quer esquecer algo desagradável, inconscientemente se acelera o passo, tentando se distanciar do fato.

Segundo Kundera, os problemas associados com a necessidade de se fazer tudo rápido neste mundo, só são dissipados quando somos capazes de atuar com maiores níveis de intensidade, afirmando: "O grau de lentidão é diretamente proporcional à intensidade da memória; o grau de velocidade é diretamente proporcional à intensidade do esquecimento".

Nestes tempos de muitas mudanças, concomitantes e impactantes, está mais difícil conciliarmos a amplitude, a intensidade e a velocidade dos fatos que nos afetam profundamente. Se verdade, e é, mais do que nunca a melhor solução é uma maior prática do compartilhamento de conhecimento. É o melhor antídoto, para esta era mais que surpreendente, a era da disrupção.

Cabe a pergunta: Qual a relação da introdução, valendo-se de Milan Kundera, com a Indústria 4.0 / Quarta Revolução Industrial? Toda relação, a meu ver.

Basta lembrarmos que o "pai" de todo o amplo e intenso, estudo e prática, de todo o conceito da Indústria 4.0, é o alemão Klaus Schwab, 80 anos, que em 1.971, há quase 50 anos, fundou o destacado Fórum Econômico Mundial, do qual é o seu presidente executivo.

Portanto, para o tema em pauta, o qual tem merecido brutal atenção dos setores, públicos e privados, de países e empresas em todo o mundo, levou-se quase meio século de intensos estudos e efetivas práticas, para se chegar à realidade atual, sem se saber ainda os seus reais e enormes impactos, certamente positivos e negativos, dele decorrentes.

O tema é apaixonante, devido a sua imensurável representatividade, para o presente e futuro da humanidade, sob muitos e amplos aspectos.

Quando lemos os recentes livros: A Quarta Revolução Industrial e o Aplicando a Quarta Revolução Industrial de Klaus Schwab e o Automação & Sociedade - Quarta Revolução Industrial, um Olhar para o Brasil, coordenado por quatro doutores da Escola Politécnica da USP, temos a real dimensão dos imensos efeitos do tema em pauta, que estão a caminho e em uma velocidade que nos assusta.

A propósito, excelente e recente resumo sobre um aspecto disso tudo, com o título: A Era dos robôs está chegando e vai eliminar milhões de empregos, pode ser conferido no trabalho do Professor Dr. Paulo Roberto Feldmann, no link:


Certamente voltaremos ao tema, breve e oportunamente.

Ary Silveira Bueno
ASPR - Sua Companhia de Gestão!

Comentar esta matéria

Comentários X

As opiniões expressas nos comentários são de única e exclusiva responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião deste site. Comentários ofensivos ou que violem a legislação vigente serão suprimidos.


* seu e-mail não será publicado.
Enviar Comentário