Cadastre-se
Esqueceu a senha?
Entrar
Inovadores, protagonistas e clássicos: conheça os brincos que estão em alta em 2017
3 Fevereiro 2017  | Seção: Moda & Acessórios  |  Categoria: Moda
WhatsApp Facebook Twitter LinkedIn Send
A - A +
Enviar por E-mailX

Você pode enviar este conteúdo para até três amigo(a)s ao mesmo tempo.

+ 1 Amigo(a)

+ 1 Amigo(a)

Enviar Conteúdo
Designer apresenta os principais modelos e indica como aproveitá-los na composição do look
Data:
Cidade:
Contemporâneos, impactantes, clássicos e minimalistas. Os brincos que são tendência em 2017 trazem características que agradam todos os estilos, auxiliando na composição do visual ou, até mesmo, tornando-se a peça principal do look. A designer Denise Rippel Araujo Barp é quem apresenta os modelos e explica por que eles são sucesso. Queridinho dos jovens e apreciadores de looks inovadores, os ear cuff são brincos que sobem pelas orelhas a partir do lóbulo. Este modelo é indicado para produções mais contemporâneas. Impactantes, os maxi brincos combinam e tornam mais atraentes as produções mais básicas, deixando espaço para a peça se destacar.


- Podem utilizar chapas planas de metal vazado, fios, correntes e materiais com cor. Geralmente o uso de maxi brincos dispensa a utilização de colares e gargantilhas em um mesmo look, combinando com braceletes - explica Denise.
 

As argolas são peças clássicas e que se mantêm tendência devido a sua versatilidade. Femininas, circulares, grandes, pequenas, lisas ou cravejadas, elas fazem conjunto com tipos variados de colares ou com pulseiras de elos ou algemas.
 

- Brincos minimalistas, pequenos, curtos e adornando o lóbulo também estão em alta. Em formas geométricas podem ser cravejados por pequenos diamantes ou gemas coradas. Seu uso é bastante adequado para compor com grande quantidade de outras peças também minimalistas, permitindo o uso de mais de um colar ou mãos adornadas por diversos anéis em conjunto - complementa a designer.

Denise é ainda mestre em design e tecnologia, mesma área na qual está cursando doutorado na UFRGS; também é professora de design de joias e, foi coordenadora do setor de design da Associação do Comércio de Joias, Relógios e Óptica do Rio Grande do Sul (Ajorsul).
Fonte
PlayPress
Comentários X

As opiniões expressas nos comentários são de única e exclusiva responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião deste site. Comentários ofensivos ou que violem a legislação vigente serão suprimidos.


* seu e-mail não será publicado.
Enviar Comentário