Entrar Cadastre-se
Esqueceu a senha?
Entrar
Atendimento Humanizado e a Optometria
5 Março 2020  | Seção: Saúde  |  Categoria: Visão
A - A +
Enviar por E-mailX

Você pode enviar este conteúdo para até três amigo(a)s ao mesmo tempo.

+ 1 Amigo(a)

+ 1 Amigo(a)

Enviar Conteúdo
Reavaliar a forma de tratar o atendido é prioridade para sucesso do profissional. A
Data:
Cidade:

SONODA, R.T.
 
O atendimento humanizado é preconizado na área da saúde desde meados de 1978, na cidade de Almaty no Cazaquistão ocorreu a Conferência Internacional sobre Cuidados Primários da Saúde, conhecida como declaração de ALMA-ATA.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) considera que a saúde é "o completo bem-estar físico, mental e social, e não simplesmente a ausência de doença ou enfermidade".

Em 1986 ocorreu a 8ª. Conferência Nacional de Saúde, iniciando-se a luta pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Contou com a presença de políticos, especialistas, e pela primeira vez usuários da saúde pública.

A Constituição Federal de 1988, recepcionou os preceitos da 8ª. e prevê que a saúde é direito do cidadão e dever do Estado.

Correntes de pensamentos para alterar a forma de lidar com a saúde surgem, o humanismo é a relação de ética nas relações entre os homens valoradas por princípios e caráter1.

A participação no tratamento humanizado é responsabilidade de todos os envolvidos no atendimento. Mas em especial do profissional que realiza o atendimento final.

Não se pode considerar apenas as teorias de escolas de administração geral, que pregam formas do trabalhador cooperar no processo 2 , inclusive há a necessidade de valorizar estes elementos no processo.

Muitos críticos do movimento de humanização pregam que o capitalismo ocasionou o aumento desenfreado das consultas tecnológicas ou robotizadas, diminuindo o respeito e o contato humano. Perdeu-se nas revoluções industriais e tecnológicas o precioso contato com diálogos em busca de soluções. Em tempos de consultoria em todas as aéreas, o saber e conhecer para a solução dos problemas é ferramenta fundamental para o trato humano.
opto
 
Neste momento a reflexão sobre a optometria e a ALMA-ATA. É clara.

Como cuidadores Primários da Visão, os optometrista são um braço fundamental da saúde visual e ocular já reconhecidos pela OMS e ONU.

Porém o atendimento humanizado não pode ser apenas uma teoria ao vento. A área de especialidades em atendimento a convênios médicos, atendem o paciente em 5 minutos em média. Baixa remuneração, alta exigência, grande demanda causa essa consulta em pouco tempo.

O optometrista deve seguir o protocolo de avaliação mínimo, e é importante atentar-se a pequenos detalhes que farão o diferencial em especial no primeiro atendimento: 

* Ao receber o paciente apresentar-se com cordialidade olhando o paciente.

* Olho no olho do paciente, ouvir minuciosamente em um diálogo aprofundado as queixas, observando e questionando a saúde geral buscando correlação com alterações oculares.

* Explicar os procedimentos a serem realizados de forma breve, mas seguindo o princípio da Bioética.

* Avaliar a saúde muscular, ocular e visual, com as ferramentas optométricas, assegurando que a conduta adotada siga a beneficência.

* Explicar ao final do atendimento as alterações encontradas e a solução, óculos, terapias, lentes de contato ou reavaliação.

Este atendimento não seguirá por menos de 20 a 25 minutos. Sempre imaginando uma avaliação básica optométrica.


É conhecido que o atendimento humanizado garante a indicação do profissional, a lembrança para reavaliação por parte do paciente e consequentemente o aumento de faturamento em um serviço sério da saúde.

REFERENCIAS

1 RIBEIRO C. O conceito de pessoa na perspectiva da bioética secular: uma proposta a partir do pensamento de Tristram Engelhardt. Tese de doutorado Faculdade de Saúde Publica - USP, São Paulo, 2002.

2 PUCCINI, P., CECILIO, L. A humanização dos serviços e o direito à saúde. Vol.20(5), Rio de Janeiro: Caderno de Saúde Publica, set-out, 2004. 1342-1353.

3 AYRES, J. O cuidado, os modos de ser (do) humano e as práticas de saúde. Vol 13(3). Saúde e Sociedade, set-dez-2006. 16-29

BRASIL. Ministério da Saúde. Humaniza SUS: política nacional de humanização. Brasília, , 2003.

Comentários X

As opiniões expressas nos comentários são de única e exclusiva responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião deste site. Comentários ofensivos ou que violem a legislação vigente serão suprimidos.


* seu e-mail não será publicado.
Enviar Comentário
Analytics